TopFranquicias España ESPAÑA       TopFranquicias Portugal PORTUGAL        MÉXICO      

Procura de Franchising


ranking franchising
os mais lucrativos
baixo investimento
franchising premium
os mais inovadores
novos franchising
franchising de sucesso

Lista de Notícias
 
Porque todos merecemos as melhores guloseimas a Dulzia segue na vanguarda, e oferece gomas adequadas à todas as pessoas e todas as idades.
A MAXIMUM VIP FASHION Tudo 12€ prepara-se para o Natal, venha as nossas lojas e encontre a prenda perfeita!
A aumiau é a primeira rede de petshop em regime de franchising em Portugal
Em breve iremos abrir as portas da nova loja Oh My Clutch! a Castellar del Vallés (Espanha)
A melhor prenda de Natal encontrará na Cocolonne
ECOX4D-5D INAUGURA UM NOVO CENTRO IMPLANT EM BADALONA (CATALUNHA)
Perca até 8 cms em uma sessão de Laser Lipolítico e prepare-se para o verão com o franchising BEAUTY Max!
House Shine reforça presença com nova unidade em Braga
PERSONAL20 LANÇA MÉTODO ÚNICO E INOVADOR
Esqueça os atrasos do correio. Com este serviço as prendas de Natal chegam no tempo certo
>>

Lista de Notícias da Economia

Subscreva-se ao Boletim
 
Nome:
Apelidos:
e-mail:
C.P.:
 



Dois em cada 10 portugueses desistem de comprar casa
As conclusões do estudo realizado pela Century 21 Portugal identificam diversos desequilíbrios entre a procura e a oferta, no mercado imobiliário nacional, que implicam, também, o ajuste de expectativas por parte dos que procuram uma solução de habitação, em linha com as suas reais necessidades e capacidades financeiras. Para conseguirem aceder à casa de que necessitam, muitos portugueses têm que fazer concessões e abdicar de alguns factores que pretendiam, quando iniciaram o processo de procura de uma habitação.

De acordo com os resultados do "I Observatório do Mercado de Habitação em Portugal", cerca de 19% dos que procuraram habitação não tiveram sucesso. Quando questionados sobre as razões pelas quais não conseguiram o que pretendiam, 41,6% aponta o facto de não encontrar a casa que procurava e 31,9% refere, explicitamente, que se tratou de uma questão de preço, enquanto cerca de 9% concluiu que este não era o melhor momento para comprar.


Aspectos mais dispensáveis
O estudo também procurou identificar os aspetos que estariam dispostos a renunciar, para concretizar a compra ou arrendamento da habitação, e o factor de que mais portugueses prescindem para concretizar a aquisição, ou arrendamento, da habitação é a piscina, com 38,4% a afirmar que estariam dispostos a abdicar deste extra.
O segundo aspecto a que estão dispostos a renunciar é a dimensão da casa, com 26,9% dos consumidores a admitir a aquisição de uma habitação com uma área menor à inicialmente pretendida. Já 23,6% renunciaria a que fosse uma habitação nova e sem necessidade de remodelações e 23, 2% consideraria a possibilidade de abdicar da zona onde pretendia viver. Porém, há aspectos fundamentais na procura de habitação, dos quais os portugueses não admitem abdicar. Os factores que são mais difíceis de desistir são o número de casas de banho, de quartos e a arrumação, e 10,7% afirma mesmo que não renunciaria a nada.
A que aspetos renunciou com a habitação que comprou ou arrendou ou a que estaria disposto a renunciar para finalizar a compra ou arrendamento? (Resposta múltipla)



De acordo com o estudo, a habitação mais procurada é um apartamento num prédio (61,2%), em segunda mão e sem necessitar de remodelações (60,2%), com três quartos (40,9%) e duas casas de banho (49,5%), com arrecadação (74,1%) e garagem (73,1%), com uma área entre 91 e 120 m2, (24,1%) localizada em zonas periféricas do centro (43%) ou mesmo nas áreas centrais da cidade (42,2%). O preço médio que os portugueses estão dispostos a pagar é inferior a 138 623 €, financiados por um crédito à habitação que não supere os 500€ mensais.

Ricardo Sousa, CEO da Century 21 Portugal, comenta:" Sabemos agora que a maioria dos portugueses está disposta a procurar áreas mais reduzidas, mas que dificilmente abdica de quartos, casas de banho e arrumos. Esta constatação incentiva a equacionar novos conceitos de construção, em open space por exemplo, que permitam estruturar o número de quartos, de acordo com as necessidades das famílias, possibilitando assim maior flexibilidade a quem compra para adaptar a área do imóvel ao número de divisões que necessita. Outra solução que também deve ser considerada é o recurso a técnicas de construção mais inovadoras e sustentáveis, que permitem prazos menores de edificação e consequente redução de custos de produção, maior flexibilidade de customização no final de obra, bem como a adopção de sistemas que minimizem o impacto ambiental da habitação".
Conclui: "Naturalmente, é fundamental que a legislação acompanhe estas novas tendências habitacionais, tal como está a acontecer noutros países da Europa, onde estão a ser estudadas e implementadas novas medidas para tornar a habitação mais flexível e adequada às necessidades dos consumidores ".
A mudança de casa é um dos momentos mais críticos na vida das pessoas. Para a maioria é um dos investimentos mais importantes, quer do ponto de vista financeiro, quer afetivo. O I Observatório do Mercado da Habitação em Portugal reflete uma realidade cheia de contrastes, necessidades e expetativas, mas também permite entender melhor as tendências de um setor chave para a economia. O estudo identifica as linhas de orientação que os agentes do sector podem seguir, para dar resposta às soluções de habitação mais ajustadas às pretensões das famílias portuguesas.

I Observatório do Mercado da Habitação em Portugal - Ficha técnica
Direção: Century 21 Portugal
Investigação, análise de resultados e trabalho de campo: Sigma Dos
Universo:
• População residente em Portugal, com mais de 18 anos, que tenha passado pelo processo de procura de casa nos últimos 12 meses, ou que pense fazê-lo nos próximos 12 meses
• Consumidores nacionais que tenham colocado uma habitação no mercado, no mesmo período temporal
Inquérito: Online (CAWI) com questionário estruturado e entrevista por telefone assistida por computador (CATI)
Amostra: Foi realizado um total de 810 inquéritos. A distribuição da amostra foi estratificada em 4 zonas geográficas: Lisboa, Porto, Algarve e no resto de Portugal. Para a análise global dos dados ajustou-se o peso de cada zona com base nos dados do INE sobre a habitação.


Veja o perfil dessa franquia


PARTNERS:

Bestfranchising Consulting   Aviñal Abogados   Franchise Magazine   Vieira   APF   ACB Braga   New Alliance   More Consultores   FERPOS   Millenium bcp

O melhor directório de franchising na web organizados por sector e actividade. Nosso sistema de procura põe à sua disposição todas as oportunidades de negócio do mercado com a lista de franchising mais completa de Portugal. Confira a informação a respeito dos sectores de seu interesse. Encontre o negócio que mais se ajuste às suas necessidades com ajuda de nossos assessores. Obtenha grátis o seu plano de viabilidade económica e registre-se em nosso boletim de notícias especializado em franchising.


Rss de TopFranquicias.es BestFranchising.pt Todos os direitos reservados 2013 - Sobre uso de dados pessoais

Telefone: 00351-21-0966638 - Telemóvel: 00351-91-3305139

Tarifas bestfranchising