TopFranquicias España ESPAÑA       TopFranquicias Portugal PORTUGAL        MÉXICO      

Procura de Franchising


ranking franchising
os mais lucrativos
baixo investimento
franchising premium
os mais inovadores
novos franchising
franchising de sucesso

Lista de Notícias

Lista de Notícias da Economia
 
Manuel Alvarez, Presidente da RE/MAX Portugal, é o novo Presidente da APF - Associação Portuguesa de Franchising
A Petit Dreams encontra-se em plena expansão nacional e convida, quem procura uma boa oportunidade de franchising a conhecer a Petit Dreams!
SONAE CAPITAL AUMENTA UNIDADES EM EXPLORAÇÃO COM “AQUALUZ SUITE HOTEL LAGOS”
Muito Obrigado por Cooperar e contamos com o vosso Eureka apoio neste 2019!
EM 2018 DS SEGUROS CRESCEU 130% NA FATURAÇÃO
APF consegue condições especiais para participação na Franchise Expo Paris
A APF - Associação Portuguesa de Franchising lançou QUATRO novos cursos online,
Vantagens e desvantagens do franchising para o franchisador
O Grupo de Euroycia termina 2018 com um balanço bastante positivo a nível Ibérico e prevê a introdução de novos conceitos em Portugal!
2018, mais um ano de sucessos e bons resultados para Bestfranchising Consulting
>>

Subscreva-se ao Boletim
 
Nome:
Apelidos:
e-mail:
C.P.:
 



RE/MAX COLLECTION É A IMOBILIÁRIA QUE MAIS IMÓVEIS DE LUXO VENDE NO PAÍS
No primeiro semestre de 2018 o volume de faturação regista já crescimento de 30,4% face ao período homólogo do ano passado
Portugueses adquiriram 65,9% dos imóveis Collection transacionados no primeiro semestre
Mesmo com critérios de angariação mais rigorosos face à concorrência, a marca RE/MAX destinada ao segmento premium lidera destacada. Em 2017 a sua faturação foi mais do dobro da principal concorrente


A RE/MAX Collection é a imobiliária que mais imóveis de luxo vende no país pelo quarto ano consecutivo. Mesmo com critérios de angariação mais rigorosos face à concorrência, a marca RE/MAX destinada ao segmento premium lidera destacada. Com um volume de faturação de 31,3 milhões de euros em 2017, mais do dobro da principal concorrente neste segmento, a RE/MAX Collection fechou o primeiro semestre deste ano com um crescimento de 30,4% face a período homólogo do ano passado. As perspetivas da marca para 2018 e 2019 são as melhores.
De acordo com dados do departamento de informação e estatística da empresa, a classificação de um imóvel premium varia de marca para marca, mas a análise dos stocks disponíveis nas várias consultoras que se dedicam a este segmento demonstra que a RE/MAX Collection é a mais exigente na avaliação e na certificação deste tipo de edifícios. São imóveis que na sua forma e tipologia dispõem de uma vasta área útil privativa, podendo ter uma sala a partir de 45 m2, a sala de jantar separada, um quarto-suíte com área nunca inferior a 20 m2, se possível com closet, e garagem ou box para tantos carros quanto o número de quartos. Além destes critérios, sejam antigos ou modernos, clássicos ou contemporâneos, os imóveis Collection têm origem em projetos arquitetónicos de referência, muitas vezes assinados por profissionais de renome, revestindo-se de características que os diferenciam. Localizados em zonas de eleição, são edifícios de grande qualidade e luxo.
Para a maioria das marcas concorrentes, o principal critério na angariação deste género de imóveis é o preço, procedimento não seguido pela RE/MAX Collection que não considera para os seus resultados no mercado terrenos, garagens e armazéns por mais elevado que seja o seu valor, ao contrário das marcas concorrentes.
RE/MAX Collection lidera ranking de faturação há quatro anos consecutivos
No ranking de faturação, a RE/MAX Collection é a líder destacado há quatro anos. Em 2017, com o mercado a atingir recordes, todas as marcas do top 5 cresceram entre 25% e 175%. A RE/MAX Collection, que então registou um crescimento de 47,1% comparativamente ao ano anterior, com uma faturação de 31,3 milhões de euros em 2017, mais do dobro da principal concorrente neste segmento de mercado.
Este ano mantém-se o crescimento. No primeiro semestre, a RE/MAX Collection aumentou o volume de faturação em 30,4% face a igual período de 2017, bem como viu crescer o número de transações em 38,4%.
Com um total de 1.405 transações, mais 38,3% que em igual período do ano passado e mais do dobro das registadas em período homólogo de 2016, o volume de imóveis comercializados pela RE/MAX Collection representava no final do primeiro semestre 4,7% do total negociado por toda a rede. Os apartamentos continuam a ser os imóveis com mais procura, representando 62,4% do volume de negócio e 76,2% das transações, com as moradias a representarem 23,5% e 15,8%, respetivamente. As tipologias mais comercializadas são o T2 e T3 e o distrito de Lisboa, que inclui concelhos historicamente importantes para o segmento de luxo, como Oeiras e Cascais, domina neste tipo de imobiliário.
Os clientes portugueses continuam a dominar na aquisição de imóveis Collection, quer no volume de negócios angariado (61,6%), quer no volume de transações (65,9%). Por outro lado, se em 2017 assistimos a um crescimento da importância dos clientes do Brasil e da China, em detrimento dos clientes de origem francesa, o primeiro semestre revela um ranking em que os cidadãos de nacionalidade brasileira se mantêm no segundo lugar do pódio, com um peso de 9,5% no volume de negócios e de 7,3% no de transações. Os de nacionalidade francesa voltam a ocupar o terceiro lugar entre os clientes estrangeiros que mais imóveis Collection adquiriram, representando 5,5% das transações, mas os de origem belga superaram o volume de negócios que os vizinhos permitiram angariar – 4,6% contra 3,9% – já que compraram edifícios com um valor médio de 1,2 milhões de euros.
“Há quatro anos que a RE/MAX Collection é a escolha destacada para quem quer comprar um imóvel de luxo, o que veio comprovar a nossa estratégia de lançar uma marca especializada neste segmento”, explica Manuel Alvarez. O presidente da RE/MAX sublinha que “é a nossa dimensão humana que constitui um dos nossos principais fatores de diferenciação”.
Com um total de 6.770 agentes no final do primeiro semestre do ano, 668 dos quais com certificação Collection, as perspetivas da marca para 2018 e 2019 são as melhores. “Haverá um alargamento da cobertura nacional com a abertura de novas agências Collection, algumas das quais muito em breve e quase em simultâneo. Mas o indicador em que provavelmente registaremos um maior crescimento será na satisfação dos clientes. Aliás, o crescimento contínuo dos resultados num segmento em que a confiança e a credibilidade são fundamentais é demonstrativo dessa satisfação”, remata Manuel Alvarez.


Veja o perfil dessa franquia


PARTNERS:

Bestfranchising Consulting   Aviñal Abogados   Franchise Magazine   Vieira   APF   ACB Braga   New Alliance   More Consultores   FERPOS   Millenium bcp

O melhor directório de franchising na web organizados por sector e actividade. Nosso sistema de procura põe à sua disposição todas as oportunidades de negócio do mercado com a lista de franchising mais completa de Portugal. Confira a informação a respeito dos sectores de seu interesse. Encontre o negócio que mais se ajuste às suas necessidades com ajuda de nossos assessores. Obtenha grátis o seu plano de viabilidade económica e registre-se em nosso boletim de notícias especializado em franchising.


Rss de TopFranquicias.es BestFranchising.pt Todos os direitos reservados 2013 - Sobre uso de dados pessoais

Telemóvel: 00351-91-3305139

Tarifas bestfranchising